Onde se encontra o amor?



Sabe, encontro-me olhando para a escuridão que existe dentro de meu peito e me preocupo com o que há de ruim ali dentro. Não sei onde ele se encontra, já procurei em todos os cantos, mas onde será que está esse tal amor?
Olho para todos os lados em busca da tal resposta, mas é praticamente impossível, não consigo vê-lo em nenhum lugar. OH! Nunca saberei onde se encontra esse amor, será que ele é parecido como aquela agarração de novela que se troca de par como se troca de roupa?
O que é o amor?
Onde encontro esse amor?
Já esbaforida com tanta indignação, tento recompor meu ar  lentamente e  observando os pássaros voarem pelo meu quintal, uma leve brisa tocava meu rosto fino e automaticamente senti como se estivesse sendo beijada bela natureza, uma sensação única e inexplicável.
Seria isso?
O amor era isso?
Me indaguei com um meio sorriso no canto da boca, fiquei refletindo por horas deitada e imaginando como dever ser amar alguém e como descobriria esse amor, mas ele é mágico e inexplicável como entenderei isso? Foi ai que percebi que o amor é para ser sentido e não existe lógica para explica-lo de tal maneira que o ser humano conseguiria atraí-lo facilmente.
Queria este amor para perto de meu peito, ansiava por isso, mas essa escuridão precisava ser atraída para longe o mais longe possível de mim, lentamente comecei a observar as pessoas na calçada e consegui ver de longe uma mãe amamentando seu bebê com um olhar vidrante com leves movimentos na sua pequena cabeça como se estivesse algum sentimento por aquele bebê.
Uma lampada se acendeu sobre minha cabeça e percebi que você precisa amar outra pessoa para saber o que é amor, mas tentei isso por tanto tempo e não deu certo. Meu interior continuou escuro e sombrio sem sentimentos a não ser dúvida e dor, esse fato de ter que ficar com questionamentos sempre que isso surgisse dentro de mim estava me destruindo aos poucos, e se fizer tudo isso ao contrário? Se eu tentasse me amar primeiro?
Mas o que é o amor? Precisava saber o que é aquilo antes de colocar em prática, CARAMBA "gritei",
será que jamais saberei o que é ter um sentimento assim?
Cabisbaixa e já sem saber o que fazer resolvi adotar aquele plano de fazer tudo ao contrário, me amarei primeiro e depois tentarei fazer pelos outros, juntei todo ar que continha em meu peito, levantei a bunda da grama e segui em frente com intuito de ser amada. Anotei no papel todas as coisas que eu fazia para as pessoas e comecei a usar em mim.
Primeira: Faça o bem
Segunda: Colaboração
Terceira: Paciência
Quarta: companheirismo
Quin...

Essa lista ficou grande, mas estava disposta a fazer todas as coisas que ali estava anotado, mas desta vez faria por mim.



E ai? Quer saber onde termina essa história? Deixe seu comentário ai em baixo, contando como gostaria que a história terminasse haha.

Cintura fina em poucos dias


Sabe aquela cintura que todo mundo inveja? Agora se é possível adquirir com facilidade e em um valor super acessível, com apenas R$1.000.000,00 você consegue trocar com aquela amiguinha a tão sonhada cintura.
Aaaa quanta balela né non? A técnica que vou mostrar a seguir precisa ser feita todos os dias e garante a perda de 2 cm de cintura por dia, mas isso pode variar de pessoa para pessoa, essa técnica é conhecida como "kotsuban no yugami" que em português é a distorção da pélvis, sim ele vai alinhar e ao fazer isto vai ajudar na perda daquela gordurinha inimiga que fica localizada na sua cinturinha .
Algumas pessoas já deram um depoimento sobre essa técnica que promete milagres e todas disseram que perderam de 6 a 9 cm da cintura em menos de duas semanas, incrível né? Mas calma antes de repassar a boa nova a vocês eu resolvi experimentar para ver se realmente funcionava e advinha... Funcionou perdi aquela gordurinha localizada que eu tanto odiava, mas preciso prosseguir com a técnica durante algum tempo, bom chega de papo furado e vamos para a dica que vocês querem tanto saber...


1° Pegue uma toalha


Sim a sua toalha de banho mesmo, deixa-a parecida com um rocambole toda enrolada.
Ela precisa ter pelo menos 10 cm de espessura.


2° Pano  fina


Pegue um pano fino e cubra o chão para se deitar, coloque o rolo da toalha abaixo de você, ela precisa estar alinhada com o sou umbigo para ter sucesso.


3° Rabico


Pegue aquele rabico que você usa no cabelo mesmo e coloque no seu dedão do pé, isso é para garantir que eles ficaram juntos e alinhados.
OBS: Não aperte o rabico, deixe mais soltinho.

4° Estique seus braços
Sim, você vai precisar esticar seus braços e encostar os mindinhos um com o outro.


Permaneça nesta posição durante 5 minutos no máximo e caso sinta muita dor e necessidade de parar, pare.E faço o procedimento no outro dia e assim por diante, não se coloque em risco por estética.

Gostou da dica?
Siga o blog/ instagram e fique por dentro de tudo o que acontece por aqui.

Faça você mesma: Potinhos iluminados





Como a pesquisa do IBGE disse que vocês amaaaam um faça você mesma, resolvi trazer um pouco de criatividade para a decoração do seu quartinho ou qualquer outro cantinho...
Provavelmente já viu aqueles potinhos fofineos que brilham no escuro e decoram qualquer área né? Sabia que eles são super fáceis de fazer e bem baratinhos também?  Não sabia? Então continue lendo que vou dar o passo a passo para você querida (o) leitora (o).


Você vai precisar de:


Potes ( pode ser de qualquer tamanho e espessura)

Pulseiras de neon ( aquelas de aniversário mesmo)


Montagem dos potes


Pegue aquele potineo que você selecionou para fazer a arte, corte uma pulseira por vez e deixe escorrer dentro do pote, logo em seguida faça respingos dentro do pote e lembrando que a quantidade fica por sua conta.
Aproveite para abusar da criatividade, faça desenhos, espirre o liquido neon, misture, faça arte dentro do pote e pronto sua decoração maravilhosa já pode ser exposta.

Gostou?
Siga o blog e fique por dentro de todas as novidades haha.



Curiosidades sobre mim

Curiosidades sobre minha pessoinha


Sou um livro aberto, mas ainda existem pessoas que não me conhecem ou até mesmo fingem que conhecem demais e por este motivo resolvi desvendar todos os meus "segredos" neste post...
Primeiramente gostaria de mencionar aqui o meu nome completo, bom na verdade meu nome não é Jéssica Lemos e sim Dora a aventureira rsrs (brincadeira), meu nome completo é Jéssica Cristina Lemos da Silva... 
Mas gostaria de deixar claro que não gosto do meu nome como todas as outras pessoas anormais que existem por ai... 



Psicologia não era meu real foco. 

Na verdade meu sonho sempre foi ser uma atoa, mas isso é impossível rsrs...
Bom eu queria mesmo era fazer designer de interiores, sempre me dei bem em organizações de cantinhos e tenho uma imaginação bem fértil com isso, passei até em arquitetura em uma faculdade de Paracatu, mas não foi possível concluir a realização pelo fato de não ter ônibus para mim, então para não sair da minha cidade acabei optando em tentar outro curso e foi ai que passei em Ed. física, mas sou péssima em atividades físicas e então acabei selecionando psicologia e não foi tão por acaso assim aliás amo ajudar pessoas e quando me formar quero ajudar todos que precisam.   

Tenho fobia de galinha


Sei que você está rindo ai, mas essa informação é real e eu realmente cruzo a rua se aparecer uma galinha na minha frente... Tudo aconteceu quando eu tinha 6 anos de idade, uma garnisé correu atrás de mim e bicou meu pé até sangrar, doeu para um caramba viu ( pode parar de rir) e hoje não consigo ficar perto de uma galinha.

Morei em um hospital

Foi quase isso, passei de 12 aos 15 anos no hospital.
Sim, com a mania de querer ser magra como minhas colegas comecei a fazer uma dieta louca que ocasionou em diversos desmaios e detalhe quase dei anorexia (sim eu tentei voltar tudo o que comia, me sentia feia com meu corpo,etc...).  Hoje tenho síndrome de vaso vagal o nome é feio e parece preocupante, mas calma segundo o médico isso é normal e acabei dando isso por conta dessa loucura que resolvi fazer. 

Sou modelo fotográfica

Sim com esse jeito de ogrinho mesmo, mas nem sempre gostei de tirar fotos...
Tive alguns problemas na minha infância com minha aparência e demorei muito para ver que a beleza é única e que eu sou uma pessoa única assim como você, então se você leu até aqui...
Quero muito que saiba que você é a pessoa mais linda que existe na terra, pois não existirá nenhuma outra igual a sua...

Não odeio ninguém 

Por incrível que pareça sim, não consigo odiar ninguém mesmo se essa pessoa jogar um rio de negatividade para cima de mim. Sempre fui paz e amor e ultimamente não vejo motivos para odiar e sim para amar, afinal de ódio o mundo está cheio, mas o amor está em falta...


Já passei pela transição 

A muito tempo atrás eu usava chapinha e alisantes no cabelo que me deixava até sem ar, isso tudo para alcançar algo que eu jamais iria ter.
Mesmo com tanto alisante na cabeça e mesmo tentado ser quem eu não era, acabei deixando tudo isso para lá e aceitando a pessoa que realmente sou e talvez fazendo umas doiduras no cabelo como pintar ele (sim pintei de vermelho, mas aparenta ser roxo)

                          

Esse não é meu primeiro blog

Creio que até mencionei isso no sobre mim e sim eu já tive diversos blogs que esqueci a senha, sou uma tapada talvez? É eu sou rsrs, minha memória é igual a de um bebê...

Sou fotógrafa quando estou atoa

Nos meus tempos livres gosto de ficar fotografando por ai, mas minha câmera acabou estragando :'( muito triste sá vida...

Não sei andar de salto

Isso mesmo que você leu, eu não sei andar de salto, mas desfilei para o pessoal da @casamourastore de salto que por sinal era enorme... Quase cai na passarela, porém foi gratificante e um momento maravilhoso...  Descobri que eu ainda posso aprender a andar de salto auto, mas não quero porque aquilo doí o pé...


Tinha várias outras coisinhas que gostaria de falar para vocês, mas como ficaria muito grande resolvi detalhar só algumas coisas e levando em consideração que nem eu me conheço direito, porém se tiver alguma pergunta ou curiosidade sobre mim é só perguntar no direct do instagram ou até mesmo no e-mail...


Receitinha da Alegria




Ainda não sei como chamar isso, mas que você pode embriagar-se se beber demais isso sim você pode...
Essa bebida é bem doce e gostosa e por esse motivo é fácil de ficar mais alegrinho nas balada,
entretanto se beber peço que não dirija PELO AMOR DO PAI AMADO...




Você vai precisar de:

2 copos americanos cheios de kriskoff apple
1/5 colher de açúcar
1 suco de limão
7 cubos de gelo


Modo de preparo

Soca tudo no liquidificador e bate até o gelo virar farelo


Montando o copo:

Em um copo que parece mais um cano, cubra toda boca com sal e decore como quiser, se por acaso acabar é só refazer o processo e ficar louco(a) de maré e acabar com o piqui do Goias ...





 

O que é a liberdade?



Me fizeram uma pergunta esses dias que me fez repensar todas as coisas que já fiz nessa vida,
planejamentos, acontecimentos, presente, passado e provável futuro. Vocês devem estar se perguntando qual foi essa suposta pergunta que tanto me intrigou, pois bem o tema é justamente a misteriosa pergunta...

O que é a liberdade?

Juro que no momento fiquei sem saber o que dizer, mas hoje logo depois de tanto pesquisar, percebi que na verdade todo ser humano não sabe o que é a verdadeira liberdade, bom eu sou católica e tem um trecho da bíblia que eu gosto bastante, fica lá em Gálatas 5:1 Foi para a liberdade que Cristo nos libertou, mas será que estamos sendo livres realmente?
Será que não estamos nos deixando levar pela sociedade esquecendo que podemos nos desprender e viver da maneira que bem entendermos?

Desde pequena me ensinaram que mulher tem que ser reservada, quieta, tímida e que mal conversa com as pessoas, fui dessa maneira até me engessar na faculdade e perceber que não é bem dessa maneira que devemos agir...
Desde pequena fui ensinada pela mídia que "mulher gorda não tem seu lugar" e que para ser bonita você precisa ser anoréxica...
Desde pequena fui ensinada que tatoo é pecado e que eu queimaria no inferno se engravidasse sem casar...
Desde pequena fui ensinada a ser dona de casa, mesmo sonhando em ser outra coisa...
Desde pequena fui ensinada que  cabelo cacheado é feio e que precisava sempre alizar meu cabelo para me encaixar no meio da sociedade...
Desde pequena fui ensinada que não posso cometer erros e ser sempre a perfeitinha...

E sabe de uma coisa?

Isso não é ser livre...

A liberdade é constituída por você e mais ninguém, a sociedade vem nos controlando a gerações e não fizemos nada para impedir, mas se abrirmos os olhos para enxergar que você vai muito mais além que da beirada do mar, as coisas mudariam...
A liberdade é você poder se vestir como quer, usar o cabelo que bem entender, se sentir a vontade com seu corpo, cantar para todos ouvir, pular, fazer loucuras, beber, badalar, usar aquele jeans velho, raspar a cabeça, sem se importar com o que vão dizer, afinal você é livre para ser você.

Se liberte do que te prende, viva, curta, sorria, voe, tire as correntes...

                                                                     SEJA LIVRE
                                                                     SEJA VOCÊ

 

Saia do ARMÁRIO


Se você chegou até aqui por causa desse tema e se sentiu interessado pelo conteúdo, por favor fique e leia até o final para consegui entender um pouco sobre este tabu que anda destruindo milhares de pessoas pelo mundo inteiro. Você sabia que bem antes de Cristo e até mesmo na época de Cristo existia as pessoas que gostavam do mesmo sexo ou gostava  dos dois lados, os espartanos por serem homens fortes acabavam se atraindo pelos outros homens  e naquela época todos eram vistos como um mesmo, ou seja, não era julgada a maneira que ele queria viver.

Hoje acabamos dando de tropeço em preconceitos por coisas que são antigas e que deveria continuar sendo aceitas como era antes, o homossexual não é um bicho e muito menos um monstro e cabe a nós tentar ficar do lado deles já que são várias pedras jogadas em sua cara sem as pessoas ao menos saberem o que se passa na vida dela.
O preconceito fere a alma de quem passa e não é fácil conviver com tantos dedos enfiados na sua cara dizendo o que você deve ser e com se comportar perante a sociedade, acabamos rotulando pessoas e esquecemos que elas também possuem sentimentos. A rede GLOBO vem trazendo pra mais perto das pessoas que a homossexualidade não é uma coisa anormal, afinal a pessoa já nasce com sua sexualidade definida e não se é escolhido se você será ou não gay, porque se eles pudessem escolher as coisas seriam diferentes ou você ainda acha que eles iriam escolher sofrer? Pastores de várias igrejas postulam uma tal de "cura gay", mas algo que eu não consigo entender é: VAI CURAR O QUE?  Homossexualidade não se é curável, homossexualidade não é uma doença e muito menos uma opção.
Várias meninas(o) já passaram por momentos horríveis como por exemplo: Foram abusadas sexualmente pela pessoa do sexo oposto e isso acarretou em um "nojo extremo" do outro sexo, pode acontecer também, então não JULGUE  ninguém pela sua sexualidade a não ser que você queira ser julgado pela sua...

Agora vamos fazer uma reflexão...

Você está andando por uma rua e você é gay, as pessoas começam a zombar e te dizer coisas horríveis como, " nossa você é uma bichinha", "vira homem", "macho fêmea", "é homem ou mulher?", "olha lá que criatura estranha", e diversos outros nomes ruins que não irei mencionar, pois são pesados para o blog e temos leitores mirins aqui.
Agora imagine que você passa por uma crise existêncial e uma depressão,  ultimamente você se vê sem chão, sem motivação para fazer suas tarefas diárias e resolve dar uma volta, mas esta será a sua pior volta, pois no caminho você encontra um homofóbico e ele começa te espancar brutalmente sem motivo algum.


Imaginou?

Isso que eles enfrentam todos os dias, pessoas que humilham e se acham na autoridade de bater e até mesmo matar, o número de homicídios de pessoas gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais cresce a cada dia mais no Brasil, no ano de 2016 lideramos o ranking mundial de mortes, agora imagine só em 2017. 
Precisamos trabalhar isso e perceber que a sua estupidez anda sendo maior que você. 

Diga sim ao amor e não ao preconceito.